Páginas

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Dia do escritor no Brasil

Uns posts atrás, falei sobre o dia do escritor argentino. Hoje é o dia do escritor no Brasil, país onde vivo desde meus sete anos. Vim para estas terras já alfabetizada - na qualidade de filha única até os seis anos de idade, ler era uma alternativa bem interessante à solidão e ao tédio de ser criança num mundo de adultos. E eram adultos que amavam os livros, portanto, na minha percepção infantil, se eu os amasse (os livros), também por eles seria amada (os adultos que amavam os livros). Simples ou complexo? Observação demasiadamente matemática? Não sei...só sei que eles - os livros e os adultos que liam - exerciam um fascínio tão grande sobre mim! Ainda sou a menina que lê e agora, a mulher que se permite escrever e desejar ter seus textos lidos por outras meninas e outros meninos. Escrever demanda coragem, amor, entrega, dedicação, persistência, perseverança. E produz toneladas de felicidade a quem o faz! Feliz dia do escritor!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!